quarta-feira, 7 de junho de 2017

mais um caso de poesia

não sei se por onde me traço
é deveras
o locus
de minha sina.

transito.
me escapo entre trapos
farrapos
de quem já fui
(ou sou?)

ao final
do que me vale essa luta
de que me vale a exaustão
por fogos de artifício?

efêmeros
fugazes
ditando o rumo da lua.